domingo, 16 de janeiro de 2011

Estradas vicinais? Não, elas se perderam no meio do mato




Os pobres transeuntes das esburacadas e quase inexistentes estradas vicinais de Gonçalves Dias, que tiver a surpresa ao ler este post e constatar a dura verdade dos fatos vai amargar uma fria decepção quanto aos desmandos, malversação e superfaturamento que há nessas pseudo-obras daquela paupérrima cidade.

Esses três recortes foram retirados mais uma vez do famigerado e desconhecido Jornal Oficial dos Municípios do Maranhão, (Jornal coordenado pela FAMEM, Federação das Associaões dos Municípios do Maranhão, a qual tem entre seus dirigentes o prefeito da gonçalvina cidade), Nº. 523, de 9 de novembro de 2010, onde se pode verificar esses três contratos com o mesmo fim, melhoramento das estradas vicinais ou seja as estradas de terra que deveria ter apenas piçarra.

Como não se fazem muitos segredos sobre elas todos na cidade são sabedores que o responsável direto por essas obras seria o ex-vereador José Silveira, conhecido e reconhecido na cidade por obras incompletas, mal feitas dentre outros descalabros.

Quem não teve a curiosidade de fazer as somas do que foi destinado a recuperação das estradas no decorrer do ano de 2010, saiba que a quantia total foi de mais de R$644.000,00 (Seissentos e quarenta e quatro mil reais!) uma grande soma em dinheiro que em caso de fiel aplicação seria capaz de recuperar todas as estradas vicinais da cidade e ainda sobraria recurso, mas como se percebe em Gonçalves Dias a moda mesmo é esbanjar dinheiro público.

Um dado curioso além da vultuosa quantia é que a empresa MACEDO & MATOS LTDA, estabelecida na Avenida 01, Nº 25, Quadra 13 – Paraná, Paço do Lumiar - MA, inscrita no CNPJ Sob O N.º 10.571.595.0001-99 de propriedade de Alberto Rolim Matos, assinou dois contratos no dia 10/08/2010 perfazendo a soma de mais de R$415.406,00 (Quatrocentos e quinze mil e quatrocentos e seis reais). Muito vantajoso esses contratos, ainda mais quando se chega a vencer dois contratos de uma vez só.

Seria desejar muito que esses recursos fossem aplicados de modo correto? Será que é tão difícil cumprir o que determina as leis? A mentira consome tanto assim a quem chega ao poder?
Essas perguntas são bem difíceis de se responderem especialmente por aqueles gestores que
desgovernam a cidade a partir de suas mansões em São Luís.

3 comentários:

PRES. MÉDICI NOTÍCIAS disse...

Parabéns, e continue mostrando a realidade como ela é!

G.D. News disse...

É nossa obrigação enquanto cidadãos critícos e participativos..

José María Souza Costa disse...

As Estradas Vicinais, perdem-se no matagal. E a grana, nunca erra os mesmo bolsos.
Vergonha.
Abraços